MAIS LINKS

DESTAQUE LEGISLATIVO MEMÓRIA TRANSPARÊNCIA
Câmara Jovem
Arquivos de Áudios
História de Marialva
Lei de Acesso à Informação
Câmara nos Bairros
Comissões
Homenagens
Diárias
Rádio Câmara
Lei Orgânica
Lista de Prefeitos e Vereadores
Prestação de Contas
Assista ao vivo
Mesa Diretora
Símbolos do Município
Orçamento e Finanças
INSTITUCIONAL
Ordem do Dia
 
Salários e Subsídios
Editais de Licitação e Pregão
Projetos de Lei
 
Contratos
Concursos
Proposições
 
Código Tributário
Hollerite Online
Regimento Interno
 
Perguntas Frequentes
Servidores
Sessões
   
Webmail
Tribuna Livre
   
Fale Conosco
Conselho de Ética
Legislador
Notícias
Agenda
Fotos
Departamentos
Pautas
Vereadores
Transparência
Mais links
NOTÍCIAS
Câmara vota projeto que regulamenta a manutenção e atualização do Portal da Transparência da Prefeitura
Publicado em: 08/10/2018
A +     A -

Está em pauta na sessão desta segunda-feira (8) da Câmara Municipal de Marialva o Projeto de Lei Ordinária (44/2018), de autoria do Executivo, que dispõe sobre a manutenção e atualização de Portal de Transparência do Município. 

De acordo a justificativa do projeto, a proposição visa atender recomendação do Ministério Público, seguindo as exigências da Lei nº 131/2009 e Lei Federal nº 12.527/2011 e Decreto Federal nº 7.185/2010. O objetivo é fazer com que “as administrações futuras mantenham também o portal de transparência dados públicos de interesse geral” e que deem “sempre publicidade dos atos do Executivo”. 
 
Dados abertos
O projeto trata sobre a possibilidade de download dos relatórios em diversos formatos eletrônicos, inclusive seguindo a política de Dados Abertos. São considerados dados abertos todos aqueles dados que qualquer pessoa pode livremente usá-los, reutilizá-los e redistribuí-los como planilhas de Excel e documentos do Word, de modo a facilitar a análise dos dados. Arquivos em pdf, por exemplo, não são considerados dados abertos pois dificultam o cruzamento das informações. Esses dados devem ser processáveis por máquina, em formatos não proprietários e sem restrição de licenças, patentes ou mecanismos de controle. Os dados abertos podem ser utilizados de várias formas. Uma das possíveis formas de utilização dos Dados Abertos, por exemplo, é no desenvolvimento de aplicativos, que exibem informações de forma gráfica e interativa.
 
e-SIC
O projeto também especifica a identificação precisa no portal sobre o funcionamento do Serviço de Informações ao Cidadão (e-SIC). Diferentemente da Ouvidoria, por meio da qual a população encaminha denúncias, reclamações e sugestões, o e-SIC serve como canal para que o cidadão realize pedidos de acesso à informação -  por exemplo, cópia de documentos referentes a licitação, contratos administrativos, resultados de ações realizadas pelos órgãos de controle – acompanhe o prazo e receba a resposta da solicitação.
 
Emenda
A matéria será votada juntamente com a Emenda Modificativa 01/2018, apresentada pelo vereador Jefferson Garbúggio (PT). Na emenda, o vereador adequa a redação de alguns artigos conforme recomendações do TCE-PR, como a agenda de obrigações e a planilha anexa ao Edital de Chamamento Público nº 02/2018 do Programa de Transparência Pública. 
 
A emenda prevê que os dados das despesas orçamentárias, bem como o relatório resumido da execução orçamentária e o relatório da gestão fiscal deverão contemplar os dados relativos aos últimos 12 meses, e não 6 meses como estavam previstos no projeto original.
 
Prevê também que todos os procedimentos licitatórios deverão estar disponibilizados na íntegra e não apenas a parte que diz respeito aos editais, aos resultados e aos contratos como estava previsto no projeto original. 
 
A emenda prevê ainda que, sobre divulgação de diárias e passagens, deverão constar igualmente o valor das diárias, e não apenas o nome do favorecido, data, destino, cargo e motivo da viagem como estava previsto no projeto original, bem como especifica que a divulgação deverá ser atualizada em prazo máximo em 30 dias. 
 
No que diz respeito a divulgação da remuneração do agente público, a emenda acrescenta a necessidade de identificar, além do nome do servidor e de sua respectiva remuneração, o cargo qual ocupa, bem como especifica que a divulgação deverá ser atualizada em prazo máximo em 30 dias. Por fim, acrescenta a necessidade de divulgação dos e-mails do órgão, além dos endereços e telefones de cada unidade. 

Fonte: Assessoria de Imprensa da Câmara Municipal de Marialva
 
Câmara Municipal de Marialva - Rua Nossa Senhora do Rocio, 873 - CEP 86990-000 - Marialva / PR - Fone: (44) 3232-1300
Desenvolvimento