MAIS LINKS

DESTAQUE LEGISLATIVO MEMÓRIA TRANSPARÊNCIA
Câmara Jovem
Arquivos de Áudios
História de Marialva
Lei de Acesso à Informação
Câmara nos Bairros
Comissões
Homenagens
Diárias
Rádio Câmara
Lei Orgânica
Lista de Prefeitos e Vereadores
Prestação de Contas
Assista ao vivo
Mesa Diretora
Símbolos do Município
Orçamento e Finanças
INSTITUCIONAL
Ordem do Dia
 
Salários e Subsídios
Editais de Licitação e Pregão
Projetos de Lei
 
Contratos
Concursos
Proposições
 
Código Tributário
Hollerite Online
Regimento Interno
 
Perguntas Frequentes
Servidores
Sessões
   
Webmail
Tribuna Livre
   
Fale Conosco
Conselho de Ética
Legislador
Notícias
Agenda
Fotos
Departamentos
Pautas
Vereadores
Transparência
Mais links
NOTÍCIAS
Câmara aprova abertura de quatro vagas para médico plantonista diurno
Publicado em: 11/09/2018
A +     A -

Na sessão desta última segunda-feira (10), o plenário da Câmara Municipal de Marialva aprovou por unanimidade o Projeto de Lei Ordinária nº 36/2018, de autoria do Executivo, que alterar o anexo II da Lei nº 1.761/95, aumentando de seis para dez o número de vagas para servidores efetivos no cargo de médico plantonista diurno na lei de Plano de Cargos e Carreira e Vencimentos dos Servidores Públicos Municipais de Marialva. 

A criação das quatro novas vagas visa evitar o desfalque de médicos no atendimento, em face do encerramento do contrato de tercerização, no qual foram encontradas irregularidades apontadas pelo Ministério Público do Paraná. Saiba mais em: MPC.PR

Os profissionais que assumirão as outras quatro vagas deverão ser convocados por meio do concurso público, realizado no ano passado. A criação das novas vagas visa atender orientação do Tribunal de Contas, encerrando os contratos via licitação. 
 
O vereador Onesimo Bassan (PDT) solicitou a retirada de pauta por duas sessões do Projeto de Lei Ordinária 36/2018, de autoria dos vereadores Carlos Eduardo, Luciano Grudi e Ricardo Vendrame, que dispõe sobre a gravação em áudio e vídeo das sessões públicas de licitações realizadas pela Prefeitura, pelo Legislativo e pelas autarquias, e a disponibilização na íntegra na internet dos processos licitatórios. Na opinião do parlamentar, o prazo previsto no projeto para a entrada em vigor da medida é insuficiente. “É uma matéria muito interessante. Concordo completamente com ela. Mas observei que os trinta dias é pouco para colocá-la em prática. Às vezes, será preciso comprar algum material ou equipamento e a gente sabe que isso não se faz da noite para o dia”, justificou. 
 
O vereador também solicitou a retirada de pauta por tempo indeterminado do Projeto de Resolução nº 3/2018, de autoria de todos os vereadores, bem como da Emenda nº 1, de sua autoria. As matérias tratam da alteração de artigos do Regimento Interno da Câmara Municipal de Marialva. 

Fonte: Assessoria de Imprensa da Câmara Municipal de Marialva 
 
 
Câmara Municipal de Marialva - Rua Nossa Senhora do Rocio, 873 - CEP 86990-000 - Marialva / PR - Fone: (44) 3232-1300
Desenvolvimento